Programação 2020

Caras e caros colegas, 

Lamentamos informar o adiamento do IV Seminário Midiatização. A decisão é institucional (da Unisinos) e visa reduzir os riscos da pandemia de Coronavírus.

Em princípio, o seminário será realizado de 05 a 09 de outubro.

 

Realização do Evento: 04 a 07 de maio 2020.

Local: Unisinos

PROGRAMAÇÃO E ESTRUTURA DO EVENTO

1.    GRADE GERAL DE PROGRAMAÇÃO (dias-horários)

 (segunda, 04)  (terça, 05)  (quarta, 06)  (quinta, 07)
 

 

Manhã/

Abertura:

09:00 – 10:00

 

 

 

Mesa de debate 3

 

9:00-12:00

 

 

 

Mesa de debate 5

 

9:00 – 12:00

 

 

9:00-12:00

 

GTs

 

 

Encerramento

12: 00 – 12:30

 

Mesa de debate 1

 

10:00-13:00

 

Almoço: Uma hora e meia. Restaurantes serão informados no Caderno de Resumos e Aplicativos.
 

 

Tarde

Mesa de debate 2

 

14:30-17:00

 

Mesa de debate 4

 

13:30-16:30

 

13:30-15:30

Grupos de Trabalho (GTs)

 

 

 

Coffee-break – 30 minutos entre as mesas e os GTs
17:30-18:30

GTs

17:00-18:00

GTs

16:00 18:00

GTs

 

Noite Conferência aberta (graduação)

2.    MESAS E AULA ABERTA

Cada uma das mesas de debates (cinco mesas) incluem a presença de três pesquisadores: um estrangeiro, um nacional e um da Unisinos. Se desenvolvem num período de três horas, entre apresentações e debates, incluindo perguntas dos participantes (público), com tradução simultânea. As mesas estão sendo constituídas na interlocução entre os convidados. Algumas possibilidades são as seguintes (a serem elaboradas a partir de suas articulações e tensionamentos com processos midiáticos em geral, e, em particular, na perspectiva da linhagem epistemológica midiatização e processos sociais):

  1. A construção social do conhecimento (indivíduos, atores, meios e instituições)
  2. Pesquisa e a universidade como mediação na construção social de conhecimento;
  3. Organizações e coletivos na produção de conhecimento social;
  4. Os meios digitais (indexação, agenciamentos e inteligência artificial)
  5. Ambientes e ambiências da aldeia globalizada

 

Se realiza, na terça-feira à noite, aula aberta, com presença de toda a graduação, com dois professores convidados, tendo como eixo o tema geral.

É critério que os pesquisadores convidados devem acompanhar o conjunto do Seminário, nos quatros dias do evento, participando dos grupos de trabalho abaixo informados (com exceção do pesquisador convidado estrangeiro que participará por videoconferência – Nick Couldry)

Esse momento do Seminário resulta, além dos debates, em Publicação de Livro com autores convidados, conforme Mesas de Debates, em duas versões (português e inglês), formato e-books (pela FACOS-UFSM, conforme pode ser visto em https://www.midiaticom.org/e-books/, com possibilidade da versão em inglês, do IV Seminário ser edita por Editora Europeia).

3.    MESAS

3.1.                   Convidados estrangeiros (mesas de debates)

  1. Hubert Knoblauch (Alemanha). Institute of Sociology. Technical University of Berlin
  2. Göran Bolin (Suécia). Department of Media & Communication Studies, Södertörn University, Sweden
  3. Mario Carlón (Universidade de Buenos Aires, co-promotora). Faculdade de Comunicação.
  4. Sandra Massoni (Universidade Nacional de Rosário, co-promotora). Faculdade de Comunicação.
  5. Nick Couldry (Inglaterra). London School of Economics.

 

3.2.                   Convidados do Brasil (mesas de debates)

  1. Muniz Sodré (UFRJ). Lattes: http://lattes.cnpq.br/5048383145015647
  2. Ciro Marcondes (USP). Lattes: http://lattes.cnpq.br/7984648859899240
  3. Aidar Prado (PUC-SP). Lattes: http://lattes.cnpq.br/8833752667337994
  4. Eugênia Barichello (UFSM). Lattes: http://lattes.cnpq.br/1075373845442641
  5. Maria Helena Weber (UFRGS). Lattes: http://lattes.cnpq.br/6567845958203279

 

4.    GRUPOS DE TRABALHO (GTs)

São formados grupos de trabalho (GTs) com presença de pesquisadores, doutores e doutorandos, mestres e mestrandos, graduados e graduandos que tenham aprovados resumos ampliados conforme chamada em curso (https://www.midiaticom.org/seminario-midiatizacao/datas-importantes/). Esses pesquisadores recebem ajuda, quando necessário, para hospedagem (utiliza-se, para isso, recursos próprios, do Grupo de Pesquisa e apoio da Universidade).

Os temas dos grupos de pesquisa dialogam com o tema geral do Seminário, que  pode ou não ser abordado nos termos das perspectivas epistemológicas específicas da midiatização, se distribuindo em temas mais visíveis (religião, política, jornalismo, publicidade, relações públicas, gênero, regimes de verdade, etc., como pode ser observado no último evento e anteriores – https://www.midiaticom.org/seminario-midiatizacao/gts-iii/). São referências para as formas ascendentes e de acolhimento do Seminário. Essa flexibilidade é forma de interlocução que já nos propiciou mais de cinco centenas de participantes em Grupos de Trabalho, nos três eventos realizados. Será mantida essa flexibilidade.

Ou seja, nos grupos de pesquisa, será dada continuidade aos processos estabelecidos nas edições anteriores do Seminário de Midiatização:

  1. trabalho cooperativo com grupos de pesquisa em midiatização e processos sociais iniciado em 2019. Isso será aprimorado;
  2. grupos de trabalho constituídos ad hoc, como em 2016, 2018 e 2019, mas esses deverão avançar, sendo consolidados para o evento de 2020. Isso ficará claro no formulário de submissão;
  3. submissões feitas em formulário “Os resumos selecionados passarão imediatamente a compor uma edição de Anais de Resumos (indexados, conforme https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-resumos/).
  4. submissão em formato de resumos ampliados, avaliados em formato de parecer duplo-cego;
  5. publicação de artigos completos, após revisões e formatação conforme orientações da Comissão Editorial dos Anais, avaliados conforme procedimentos e normas editoriais (https://midiaticom.org/anais/index.php/seminario-midiatizacao-artigos).